Monthly Archives: fevereiro 2020

Inconformada com o mais do mesmo, farmacêutica do interior do Acre decidiu ser sua própria chefe

Trabalhe o medo de errar
“Um dos maiores medos enfrentados pelo empreendedor é o medo de errar. Esse medo geralmente surge da insegurança em tomar algumas decisões importantes que envolvem riscos.” (Júlia Zullig)
“Se a pessoa nunca teve um negócio antes, toda a experiência é nova para ela. O risco sempre vai existir, mas podemos minimizá-lo. Buscar conhecimento ajuda a diminuir essa sensação de ter medo do novo”, diz Hashimoto.

Railas de Sousa Silva tem 25 anos é da cidade de Acrelândia, formada pela Unimeta no ano de 2016 pela segunda turma da faculdade, durante a faculdade conseguiu um estágio remunerado numa grande rede de farmácias que ajudou bastante a ser a profissional que é hoje, após terminar a faculdade ingressou em um drogaria na cidade de Acrelândia, nesta trabalhou um ano e meio como R.T, na verdade, praticamente fazia de tudo, desde compras até vendas no balcão e organização, após este um ano e meio decidiu sair, e resolveu montar a sua própria farmácia, mesmo não tendo muita noção do que iria enfrentar e nem quais as dificuldades passaria, sabia apenas que queria empreender, então colocou a mão na massa e foi atrás de um local pra alugar, contratou um contador, pegou um empréstimo no banco e juntou suas economias, contratou uma pessoa para ajudar na parte burocrática da vigilância, procurou prateleiras e balcões de farmácia para comprar, a farmacêutica ressalta: “Quando tinha alguma dúvida em questão de legislação ou coisas do tipo sempre recorria ao Dr. João Vitor ou Dr. Romeu Neto, sou imensamente grata a eles, me ajudaram muito durante o processo de abertura e sempre muito atenciosos e prontos a me ajudar”. Depois de 6 meses conseguiu colocar a Drogaria para funcionar, começou a trabalhar sem poder vender antimicrobianos e psicotrópicos até conseguir a AFE (Autorização de Funcionamento de Empresa), que logo saiu. Com ajuda do irmão, do esposo e dos pais montou as prateleiras que comprou de segunda mão, porém bem conservadas e organizou a estrutura física da farmácia. Quando a mercadoria chegou, estava tudo montado do jeitinho que ela idealizou.
“As pessoas, às vezes, pensam que por você ser empresário, ganha rios de dinheiro e que é fácil chegar até ali, mas não é fácil não, tem que se ter muita força de vontade, estar preparado para os obstáculos” destaca. Enfrentou denúncias na Vigilância logo quando abriu, mas como sempre procurou trabalhar certo, hoje está há quase 2 anos com a drogaria aberta e se diz tranquila, apesar de considerar que ainda tem muito o que melhorar, segue confiante no seu trabalho. “Fácil não é, mas o fundamental é não desistir dos seus sonhos.” (Dra. Railas de Sousa Silva)

CFF se mobiliza para evitar retrocesso no atendimento em UTIs

Proposta de resolução em consulta pública altera a RDC nº 7/2010, da Anvisa, que dispõe sobre os requisitos mínimos para o funcionamento das UTIs.
A proposta impacta negativamente na segurança dos pacientes graves e na qualidade da assistência nas UTIs, pois revoga o dimensionamento da equipe multiprofissional e não inclui profissionais essenciais para a segurança e o cuidado do paciente crítico, como o Farmacêutico Clínico instensivista.
Saiba mais – https://bit.ly/2ShE7OY
Participe!
Resolução Nº 7 – https://bit.ly/39MbEYu
Portaria Nº 895 – https://bit.ly/2N3scBv
Consulta Pública Nº 753 – https://bit.ly/2QS6AZP

Conselho Regional de Farmácia contrata aprovados no concurso realizado em 2019

Afim de otimizar o atendimento e a qualidade dos serviços oferecidos pelo Conselho, foram contratados no início de janeiro, os aprovados no concurso que foi realizado em 2019. Ampliamos o quadro de funcionários de carreira com a contratação do fiscal farmacêutico Patrick Martinelli, contador Igor Bruschi e a Auxiliar Administrativa Clarice Maia.
O presidente do CRF/AC João Braz pontua “Desde quando assumimos a gestão desta autarquia, trabalhamos arduamente para a realização deste concurso público que depois de muitos desafios enfrentados foi realizado de acordo com o previsto em edital. Com isso, estamos muito felizes em receber estes novos funcionários públicos que com certeza vão contribuir bastante com as demandas do CRF/AC que só aumentam, e assim buscar a eficácia no atendimento da sociedade que utilizam nossos serviços.”
É o CRF-AC trabalhando em prol de melhoria para saúde da população.

Posse de novas conselheiras do CRF/AC

Na plenária de hoje foram empossadas como conselheiras efetivas: Dra. Mariana Martins e Dra. Mariama Frizoni que exercerão o mandato de conselheiras até o dia 31/12/2021.
O presidente do Conselho Regional de Farmácia, Dr. João Braz afirma: ” Estou feliz com a posse das novas conselheiras que eram suplentes e devido a renúncia de dois colegas conselheiros agora passaram a ser efetivas, tenho certeza que as Doutoras que já nos ajudavam mesmo quando estavam na suplência, agora vão nos ajudar ainda mais como conselheiras efetivas, pois nosso plenário só tem ganhar com a efetivação destas duas excelentes profissionais. ”

FARMACÊUTICO SUBSTITUTO/ PLANTONISTA

A Resolução CFF n. 577/2013 regulamenta a atividade do Farmacêutico Substituto e traz todas as possibilidades de atuação deste profissional.

Quando o estabelecimento necessitar de responsabilidade técnica de forma eventual ou por tempo limitado, bem como para desenvolver atividades em sistema de escalas, folgas, plantões, ou outras necessidades de ausência do Farmacêutico Diretor Técnico e/ou Assistente Técnico, a figura do Farmacêutico Substituto se faz necessária.

O registro da designação de função de Farmacêutico Substituto deve ser realizado na Certidão de Regularidade Técnica (CRT) do estabelecimento ou através do documento de Declaração de Atividade Profissional (DAP).

O uso do DAP é regulamentado pela Resolução CFF n. 612/2015, e só é permitido em casos de substituição pelo período máximo de 30 dias, para estabelecimentos em situação regular e é isento de custo.

Vale ressaltar que o Farmacêutico Substituto que assumir a responsabilidade técnica não poderá possuir outra atividade, declarada ou não ao CRF/AC, em horário conflitante ao pretendido ou que torne inviável a sua presença efetiva no local onde se requerem as suas atividades, sob pena de infração ética-disciplinar e demais sanções legais.

IMPORTANTE LEMBRAR: é fundamental que o Farmacêutico tenha conhecimento da legislação profissional vigente, para cumprir com excelência seu papel de defensor da saúde da sociedade.

Sempre que houver dúvidas, que utilize nossos canais de comunicação para orientação e esclarecimentos.

ATENDIMENTO
Segunda a sexta-feira das 7h00 às 17h00.

Contato telefônico: 3224-0945

E-mail:protocolo@crfac.org.br