+55 68 3224-0945 protocolo@crfac.org.br

Menu
A importância da atuação do farmacêutico na hematologia

A importância da atuação do farmacêutico na hematologia

By In Farmacêutico em Destaque On 14/10/2020


O Dr. Fabrizzio Cezarotto é Farmacêutico Bioquímico formado pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2000 e pós graduado em saúde pública. No mesmo ano em que se formou, começou a trabalhar no Setor de Imuno Hematologia do Centro de Hematologia e Hemoterapia do estado de Santa Catarina onde ficou até o meio do ano de 2006. Nesse mesmo período trabalhava no laboratório nas análises clínicas do Hospital Universitário do mesmo estado. Em agosto de 2006 foi aprovado no concurso da Sesacre e lotado no Setor de Imuno Hematologia do Centro de Hematologia e hemoterapia do estado do Acre, onde permanece até hoje. Nesse setor é responsável pelo ABO/RH dos doadores de sangue. Também desenvolve atividades mais complexas como fenotipagem eritrocitária e resolução de casos de incompatibilidade transfusional.
Com a chegada da pandemia da COVID-19 tudo tem sido um desafio para o seu trabalho no Hemocentro. As poucas informações sobre o vírus e como ele age são os maiores problemas. Alguns pacientes tem necessitado de grande suporte hemoterápico. Isso fez rever e também criar novos protocolos de transfusão de sangue e principalmente de plasma convalescente.