NOTA DE REPÚDIO

É lamentável ver a postura de ex gestores do Conselho Regional de Farmácia do Acre – CRF/AC em redes sociais, fazendo politicagem. Em nome da verdade, vamos aqui esclarecer alguns fatos.

Sabemos muito bem a importância do Conselho de Saúde para a saúde publica. O que muitos não sabem é a luta que nossa gestão teve para reverter o ad-referendo que tentou terceirizar a saúde do Acre. Ad-referendo que foi feito de forma totalitária e infeliz por quem representava o CRFAC no Conselho de Saúde naquela ocasião. A mesma pessoa que agora tenta denegrir nossa imagem. Como o CRFAC tem compromisso com a população acreana e principalmente com a classe farmacêutica e, para evitar prejuízo pra toda a sociedade com a terceirização da saúde, fomos obrigados a trocar o nosso representante no Conselho Estadual de Saúde – CES, naquela oportunidade, para reverter a imagem desgastada dentro do CES e conquistar a confiança dos demais conselheiros. Conseguimos reeleger o CRFAC para continuar com a cadeira efetiva do segmento trabalhador no Conselho Estadual de Saúde e, desde então, lutamos ativamente por melhorias na saúde do estado do Acre e principalmente pelos farmacêuticos, nossa classe profissional que, infelizmente, teve muitas perdas para o desenvolvimento de suas atividades no âmbito da saúde do Estado.

Podemos citar exemplos revoltantes dos ex representantes do Conselho de Farmácia no Conselho de Saúde, como a extinção do cargo de Bioquímico do Plano de Cargos e Carreira – PCCR da SESACRE, a supressão das atribuições do exercício das atividades do farmacêutico no PCCR ( vide o edital do atual processo seletivo aberto pela SESACRE ). Diante desses fatos cabe a pergunta: onde estavam nossos representantes naquela época que deixaram tais fatos acontecerem com nossa profissão aqui no Acre?
Esses ex representantes da categoria apoiava, sim, a terceirização da saúde, a extinção do Bioquímico e restrição das atribuições dos farmacêuticos na saúde pública do Acre!! Podemos chamar estas atrocidades de conquistas ou avanços para a saúde acreana ou para os farmacêuticos?

Diante de atitude revoltante desses ex gestores do Conselho de Farmácia do Acre, nós, da atual gestão do CRFAC, repugnamos toda e qualquer forma de politicagem que atente contra a honra e imagem deste estimado Conselho, pois temos a certeza de que quem ama sua classe e tem boas intenções com os profissionais jamais vai expor seu Conselho de forma tão irresponsável e oportunista.

Infelizmente por problema de saúde de um conselheiro, recentemente fomos notificados pelo Conselho Estadual de Saúde, da perda da cadeira do CRF no CES. Porém estamos em fase de recursos junto ao Conselho Estadual de Saúde para recuperar esta representação no CES, continuar a luta e recuperar tudo que nos foi tirado nestes últimos anos. E mesmo que percamos o direito ao voto, isso jamais vai atrapalhar a continuidade da nossa luta para recuperar os direitos dos farmacêuticos, que foram duramente penalizados pela inércia de ex representantes.

Não aceitaremos difamação nem qualquer tentativa de desqualificar o trabalho realizado pela atual gestão do Conselho de Farmácia do Acre, que tem garantido avanços para a categoria Farmacêuticia. Tranquilizamos os farmacêuticos informando que a luta é contínua.

Este link de notícias ajudará a refrescar a memória dos colegas Farmacêuticos sobre a tentativa de terceirização de saúde, apoiada pelos ex gestores do Conselho Regional de Farmácia do Acre.

http://www.sintesac.com.br/noticia/sindicatos-ligados-a-saude-vem-a-publico-repudiar-o-ato-arbitrario-da-presidente-do-conselho-estadual-de-saude-do-acre

NOTA DE REPÚDIO

Deixe uma resposta

Fechar Menu