O FARMACÊUTICO EMPREENDEDOR DO INTERIOR DO ACRE

Filho de farmacêutico bioquímico e dono de laboratório de análises clinicas em Rio Branco, Luís Augusto, começou a trabalhar no local aos 12 anos. Lavava e ajudava na esterilização da vidraria. Tomou gosto pelo serviço e desde cedo sabia que seguiria o mesmo caminho do pai: queria ser farmacêutico bioquímico e atuar em laboratório.

                Foi para São Paulo, onde, em Marilia, fez graduação, pós-graduação em Hematologia Laboratorial e mestrado em Análises Clinicas.   Em 2000, já de volta ao Acre, começou a atuar como farmacêutico bioquímico no laboratório do pai, que foi o segundo a ser aberto na capital acreana, e é um dos mais conceituados do Acre.

                Na época já havia um posto de coleta do laboratório em Cruzeiro do Sul, há 680 Km de Rio Branco, mas que funcionava na Santa Casa. O empreendedorismo do jovem farmacêutico apontou a direção a seguir e lá foi ele para Cruzeiro do Sul, incrementar o negócio e abrir sede própria do laboratório. Em 2001, além da coleta, a análise passou a ser feita também em Cruzeiro do Sul.

                Era o começo da instalação do que é hoje o laboratório de análises mais moderno do Acre e que fica no interior do Estado, o Labsul. Exames que eram entregues com até 6 dias de demora, passaram a ser expedidos no mesmo dia, melhorando significativamente a qualidade de vida da população local, que graças aos rápidos diagnósticos, passou a ter tratamentos mais eficazes. “Consulta, hospital, tudo passa pelo laboratório. Não existe a possibilidade de tratamento sem um diagnóstico correto”, lembra o Dr. Luís Augusto Nunes de Oliveira Batista. 

Se no começo o Labsul realizava 130 tipos de exames, agora são mais de 700 tipos. A média mensal de exames que era de 400, hoje é de 22 mil.  Entre os exames há o que não são feitos na capital, Rio Branco, mas sim no Labsul, no interior, como o de Marcadores de Câncer. Pessoas vão da capital, de outras cidades acreanas e até cidades amazonenses, para fazer o exame em Cruzeiro do Sul e receber o resultado no mesmo dia.   O Labsul também foi o primeiro da Região Norte a implantar exames de coagulação de fase sólida em microchip. 

O farmacêutico empreendedor se orgulha também em dizer que o Labsul é o único a ter uma câmara fria no interior e que segue mais de 700 regras normativas para manter o padrão de qualidade que garantiu sua inclusão no Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial. Dos 17 mil laboratórios do Brasil, apenas 166 possui a acreditação.

Luís Augusto destaca que não é fácil se manter nesse patamar de qualidade. A logística é um dos maiores empecilhos, já que Cruzeiro do Sul fica há mais de 600 Km da capital Rio Branco e de acordo com a legislação não existe a possiblidade de transporte terrestre para insumos de laboratório, o que encarece o custo do negócio. Além disso, 96 % dos insumos são importados. Mas para ele, o que mais importa é a credibilidade que o laboratório alcançou junto à população e à categoria médica.

No laboratório são gerados 38 empregos diretos. Além do Labsul, o prédio, um dos mais belos e modernos de Cruzeiro do Sul, também abriga um Centro Médico. Na cobertura do prédio, há um salão, que pode ser alugado para eventos diversos.

Como gosta de desafios, Luís Augusto, não sente que já conquistou tudo o que gostaria. E segue adiante. Ele conta que a futura instalação do Curso de Medicina da Universidade Federal do Acre, em agosto deste ano, aponta um novo caminho para sua vida pessoal e profissional: garantir o suporte técnico e fazer parcerias na área de pesquisa clínica. “Será um momento especial para Cruzeiro do Sul e toda essa região, e que quero estar ao lado, para melhorar como um todo a qualidade de vida desse povo do interior do Acre”, cita o farmacêutico empreendedor do interior do Acre, que  faz questão de ser fotografado ao lado do quadro com a pintura do pai, que mantém na recepção do Labsul, e que é seu maior exemplo na vida pessoal e profissional. “Meu pai tem o CRF de número 3 no Acre. È apaixonado pelo que faz e isso me contagiou desde cedo. Para ele, o maior tesouro é a ética no que fazemos e isso levo para a vida toda”, conclui o farmacêutico empreendedor do interior do Acre.

O FARMACÊUTICO EMPREENDEDOR DO INTERIOR DO ACRE

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0